Bitcoin e o Problema dos Gastos Duplos: Qual é a Solução?

bitcoinSem dúvidas, a popularidade mundial do bitcoin e de outras criptomoedas está crescendo rapidamente. Proporcionalmente ao número de discussões, também cresce o número de seus usuários. A tecnologia blockchain e as moedas digitais atraem cada vez mais atenção da mídia. A maior parte da comoção sobre criptomoedas e blockchain tem sido causada pelo bitcoin, popularizando a adoção da tecnologia. Bitcoin, como a primeira moeda digital funcional, mudou drasticamente a forma como percebemos o mundo das finanças.

Houve algumas tentativas de criar um sistema monetário digital antes de seu surgimento, mas todas falharam, por causa de um aparente problema chamado gasto duplo.

Somente o bitcoin foi capaz de sobreviver, graças à sua capacidade de resolver o problema do “gasto duplo”.

Como foi possível e qual é o problema dos “gastos duplos”? Vamos entender um pouco mais sobre isso.

O que é „gasto duplo“ e como ele funciona?

Em poucas palavras, „gastos duplos“ significa gastar o mesmo dinheiro duas vezes. Vamos explicar isso com um exemplo simples do dia-a-dia. Imagine a seguinte situação:

bitcoin

Você vai a um restaurante e pede, digamos, um almoço no valor de 20 reais. Esses R$ 20,00 estão agora no caixa do restaurante. Você simplesmente não pode pegar o dinheiro de volta e gastar o mesmo dinheiro em outro lugar para comprar qualquer outra coisa.

O pagamento foi feito em dinheiro, ou seja, com dinheiro físico, o que é diferente do que se você usasse bitcoin, ou seja, uma moeda digital. O fato do bitcoin ser digital permite que as transações sejam copiadas e retransmitidas. Em teoria, tudo se trata de copiar uma transação em um computador e modificá-la levemente. Simples, não é? Portanto, existe a possibilidade de que o mesmo bitcoin possa ser gasto duas vezes.

Como isso é possível?

Em nosso exemplo mostrado acima, o pagamento foi confirmado quase instantaneamente, porque você pagou em dinheiro. Mas com a moeda digital é diferente. Se o mecanismo de verificação estiver faltando, isso pode levar a um gasto duplo. Se não houver nenhum mecanismo para verificar os pagamentos, qualquer pessoa pode copiar esse dinheiro digital e usá-lo ao mesmo tempo em outro lugar. O bitcoin resolve o problema de ser copiado e gasto duas vezes de forma eficiente. Vamos ver porque esta solução é tão única.

O método usado pelo bitcoin para lidar com o risco de gasto duplo

Como o bitcoin lida com o problema do gasto duplo? Fácil. Mantendo um registro universal e implementando um mecanismo de confirmação, chamado Blockchain

Gastos Duplos

A cada 10 minutos, um bloco (ou seja, um grupo de transações) é adicionado ao registro (blockchain). Assim, a tecnologia de blockchain mencionada acima previne o problema do gasto duplo. Vejamos como a rede bitcoin impede o risco de gastos duplos.

Imagine que você possui 1 BTC (bitcoin) e deseja gastá-lo duas vezes, ou seja, fazer duas transações simultâneas. Você faz transações da sua carteira para duas outras carteiras. Você supõe que tendo 1 bitcoin em sua carteira e executando as transações simultaneamente, ambas as transações devem passar, não é? Bem, no começo elas passam, mas uma das transações será inválida.

A verificação da transação correta é fácil. Ambas as transações entram no conjunto de transações não confirmadas. Mas apenas a sua primeira transação receberá a confirmação e será verificada pelos mineiros. A segunda transação não recebeu confirmações suficientes.

O que acontece caso ambas as transações sejam tomadas pelos mineiros ao mesmo tempo? Nesse caso, a transação que recebe o número máximo de confirmações da rede será incluída no blockchain.

É por isso que é recomendado aguardar por 6 confirmações, uma a cada 10 minutos, ou seja, uma hora, antes de enviar as mercadorias pagas pelo cliente em bitcoin. Você pode fazer a confirmação conforme mais blocos contendo mais transações são adicionados ao blockchain, matematicamente relacionadas ao anterior.

Para ser capaz de duplicar a moeda, o remetente deve voltar e reverter todas as transações nos seis blocos em que foram adicionadas. É impossível ter o poder de computação para fazer isso.

Ataques potenciais de gastos duplos:

51% de ataque. Se, de alguma forma, um invasor capturar 51% do poder de hash da rede, o gasto duplo pode ocorrer.

Poder de hash significa o poder computacional que verifica transações e blocos. Se um invasor tiver esse controle, ele poderá reverter qualquer transação e criar um blockchain privado que todos considerarão como real.

Como o controle de 51% da rede é extremamente caro, esse ataque não aconteceu até agora. A dificuldade do processo de mineração, enormes custos de hardware e da eletricidade consumida, tudo que é inviável de possuir, impede que isso ocorra.

Até agora, nos 10 anos de história do bitcoin, nenhum desses ataques foi bem-sucedido. O mecanismo de um registro universal (blockchain), baseado em confirmações, ainda não foi enganado.

Rate this post

Autor

J. Pro

Mais sobre J. Pro

Ao contrário do Stephen (o outro autor), ultimamente eu tenho pensado principalmente nos negócios online. Eu não tinha muito sucesso com dropshipping na Amazon e outras formas de ganhar dinheiro online, e só ganhava algumas centenas de dólares por ano. Mas então, as opções binárias chamaram minha atenção pela sua simplicidade. Agora fico feliz com isso, porque realmente vale a pena. Mais postagens

Navegação por comentários

Aviso Geral de Risco:
Os produtos financeiros oferecidos pelas empresas mencionadas apresentam um alto nível de risco e podem resultar na perda de todos os seus fundos. Você nunca deve investir dinheiro que você não pode perder.
Copyright © 2019. Todos os Direitos Reservados. Opções Binárias