Ethereum Classic, uma criptomoeda que sobrevive graças à lealdade

ethereum-classicJuntamente a uma criptomoeda bem conhecida, Ethereum, há também uma moeda conhecida como Ethereum Classic, que é um pouco diferente. Para entender a Ethereum Classic, devemos primeiro verificar a história de outro sistema criptográfico chamado DAO (do inglês, “organização autônoma descentralizada”). Foi lançado em maio de 2016 depois de uma oferta inicial de moedas, a maior de seu tipo naquela época. Em essência, o DAO era um fundo de capital de risco descentralizado, destinado a financiar todas as futuras aplicações descentralizadas.

O DAO era totalmente transparente e flexível, o que atraiu a atenção de muitos investidores. De maio a junho, a DAO arrecadou mais de US$ 150 milhões em Ethereum ou 14% de todos os tokens Ethereum lançados na época. O sistema foi criado no blockchain Ethereum, e seu token podia ser adquirido em troca de tokens Ethereum, para aqueles que desejavam acesso ao DAPPS (aplicativos descentralizados).

O DAO tinha uma função de retorno para aqueles que não concordavam com alguns dos DAPPS e queriam suas Ethereum investidas de volta. Este recurso no código DAO foi chamado de “Função de Separação”. Além disso, pode-se construir seu “Child DAO” com esta função.

Para garantir que tudo corresse bem, o contrato estipulava que os tokens recuperados do Ethereum não poderiam ser gastos por 28 dias depois de se separar do DAO. Na verdade, havia mais códigos baseados em contrato inteligente para manter o sistema seguro, mas, infelizmente, ele tinha uma vulnerabilidade no código, que mais tarde foi a principal causa da divisão da comunidade Ethereum.

ethereum-dao

Uma imagem introdutória ao site do oficial do DAO.

O Ataque ao DAO que Levou à Ethereum Classic

Como mencionamos, o sistema DAO tinha um ponto fraco em uma parte do código, e os hackers não demoraram muito tempo para explorá-lo. No entanto, antes de prosseguir, é essencial deixar claro que, mesmo que o DAO tenha sido construído no blockchain do Ethereum, a última não é considerada culpada pela vulnerabilidade do código. Apenas se relaciona com o próprio DAO, enquanto Ethereum é apenas o plano de fundo ou espaço para isso.

Os hackers agiram da seguinte maneira:

  • Eles aplicaram a função “divisão” para que o sistema pudesse devolver Ether em troca de suas moedas DAO.
  • Antes que o sistema pudesse registrar a transação no blockchain e atualizar o saldo do DAO (que era o segundo passo automático em condições normais), os hackers vieram com uma função recursiva na solicitação. Essa última função fez com que o código sempre voltasse e retornasse Ether em troca de DAO, nunca atualizando o saldo do DAO até que fosse tarde demais.

Os hackers tiraram mais de US $ 50 milhões em Ether e transferiram os fundos para seu Child DAO, mas restava mais uma coisa. Como você já sabe, eles só poderiam gastar os fundos da Ether somente após 28 dias, o que significa que os fundos foram bloqueados por quase um mês.

Buscando uma Solução

A comunidade Ethereum entrou em pânico após o ataque e queria encontrar uma solução razoável. Mesmo que a plataforma Ethereum não pudesse ser considerada culpada pelo problema do DAO, as pessoas perderam a confiança nela. O preço da Ether caiu de US$ 20 para cerca de US$ 12.

Já que os hackers não podiam gastar os fundos por 28 dias, a comunidade Ethereum teve tempo suficiente para escolher entre três soluções possíveis: deixar assim, iniciar um soft fork ou lançar um hard fork.

Bem, a Ethereum Foundation escolher a última – hard fork, mas eles enganaram a comunidade de criptomoedas sobre a decisão unânime de aprová-lo. A maioria dos mineradores não participou da votação e seus votos foram contados como “sim”.

O problema com o hard fork é que, depois de dividir a rede, não há caminho de volta. Durante o hard fork, o blockchain entra em um caminho diferente, e todos devem se mudar para esse novo chain se quiserem acessar as atualizações. Aqueles que não quiserem migrar para o novo sistema pós-fork não receberão acesso a atualizações futuras.

Bem, isso é exatamente o que aconteceu – uma parte da comunidade não queria mudar para o novo sistema, então eles continuaram com o antigo – o chamado Ethereum Classic (ETC). O novo sistema após o hard fork foi apoiado pela maioria dos investidores e “maiores jogadores”, por isso manteve o mesmo nome – Ethereum (ETH).

Ethereum ou Ethereum Classic: A batalha continua

Como você pode imaginar, o hard fork foi visto como um movimento necessário para devolver todas as criptomoedas roubadas após o ataque DAO, iniciando um contrato inteligente com a única função de “retirar” para fornecer às vítimas uma ETH para cada 100 DAO.

No entanto, foi sugerido uma divisão no sistema, que é uma intervenção na própria base do blockchain Ethereum. Muitas pessoas não gostaram, porque a Ethereum prometeu um sistema justo e transparente que é imutável e perpétuo. Ele tinha que mostrar resistência absoluta a qualquer intervenção humana. Este foi o argumento central daqueles que decidiram manter o antigo sistema, Ethereum Classic. Eles disseram que outros hard forks poderiam acontecer se a comunidade permitisse isso – e eles estão certos.

Por exemplo, um garfo duro é esperado no final de outubro de 2017. Conhecido como Byzantium, ele visa remover o efeito de presenças maliciosas dentro da rede. Byzantium é apenas a primeira bifurcação planejada do estágio Metropolis do projeto Ethereum. Hoje, a atualização está no nível de testes, mas as mudanças oficiais começarão em breve.

Assim, o argumento ideológico era tão forte que a comunidade contra o hard fork não poderia ser convencida, mesmo se todos os principais jogadores da Ethereum, como os próprios fundadores (Vitalik Buterin e Gavin Wood), partissem para o novo sistema.

Infelizmente, aqueles que ficaram com a Ethereum Classic não podem acessar as atualizações, como a mudança da Proof Of Work (PoW) para a Proof of Stake (PoS) da Ethereum.

Ethereum Classic hoje

Então, a Ethereum Classic opera com o antigo algoritmo do período anterior ao hard fork. Hoje, a criptomoeda se tornou a 12ª maior em capitalização de mercado.

O valor de mercado da ETC é de, atualmente, US$ 3,4 bilhões, com uma dinâmica de baixa no médio prazo.

Hoje, uma ETC custaria US$ 34,47.

Aqui estão algumas vantagens da ETC:

  • Mantém o argumento convincente da imutabilidade do blockchain.
  • Muitos membros valiosos da comunidade criptográfica mostram interesse na ETC.
  • A mineração ETC é acessível para indivíduos, ao contrário da mineração BTC.

Aqui estão as principais desvantagens da criptomoeda:

  • Não tem acesso à ETH atualizada;
  • Os fundadores e todos os principais participantes da comunidade Ethereum mudaram para a ETH;
  • Muitos golpistas estão operando com ETC;
  • A Ethereum Classic é frequentemente considerada uma ofensa ou ataque à comunidade da ETH.

Perspectivas futuras da Ethereum Classic

Mesmo que toda a atenção da mídia vá para a ETH (taxa de câmbio da ethereum), a versão “Classic” também recebe sua parcela. Ela ainda pode ser considerada uma boa opção de investimento no seu portfólio de criptomoedas.

Em abril, a Grayscale, subsidiária do Digital Currency Group de Barry Silbert, iniciou o Ethereum Classic Trust. Este é apenas um dos eventos que permitem que investidores institucionais invistam na ETC. Isso mostra que grandes jogadores ainda têm interesse nela.

Para apoiar o preço, a comunidade ETC decidiu introduzir um limite rígido na emissão de tokens. Assim, o acordo é de que o estoque total de ETC nunca deveria ultrapassar 230 unidades. Quanto à ETH, ela não tem nenhum limite máximo de emissão total da ETH.

No entanto, existem riscos significativos que devem ser considerados. A Ethereum Foundation ainda mantém dez por cento da ETC que obteve após o evento do hard fork, e o hacker do DAO detém aproximadamente 3,36 milhões de ETC, o que representa 3,65% do capital total. Se uma das partes mencionadas entrar no mercado, o preço da ETC diminuirá.

No final, a ETC pode ter sua palavra – quem sabe?

Mais informações

Autor

J. Pro

Mais sobre J. Pro

Ao contrário do Stephen (o outro autor), ultimamente eu tenho pensado principalmente nos negócios online. Eu não tinha muito sucesso com dropshipping na Amazon e outras formas de ganhar dinheiro online, e só ganhava algumas centenas de dólares por ano. Mas então, as opções binárias chamaram minha atenção pela sua simplicidade. Agora fico feliz com isso, porque realmente vale a pena. Mais postagens

Navegação por comentários

Aviso Geral de Risco:
Os produtos financeiros oferecidos pelas empresas mencionadas apresentam um alto nível de risco e podem resultar na perda de todos os seus fundos. Você nunca deve investir dinheiro que você não pode perder.
Copyright © 2018. Todos os Direitos Reservados. Opções Binárias